NOTÍCIAS

PLAMUS inicia pesquisa domiciliar na região da Grande Florianópolis


Pesquisadores irão percorrer 13 municípios e conversar com moradores para conhecer hábitos de mobilidade da população

15/04/2014

No próximo dia 16 de abril, o PLAMUS - Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis dará início à etapa das Pesquisas Domiciliares de Origem/Destino. Para preparar os moradores que receberão pesquisadores em suas residências, foram enviadas 30 mil cartas pelo correio, cada uma com um código de identificação diferente para garantir a segurança e a identificação dos agentes durante a visita.

O coordenador técnico do PLAMUS, Paulo Sérgio Custódio, destaca o envolvimento da população como o elemento-chave para o sucesso dos estudos. “Os pesquisadores vão bater à porta dos moradores da Grande Florianópolis para saber quais são suas reais necessidades em termos de mobilidade e estas respostas vão determinar a direção que se dará em termos de planejamento urbano para a região. Então, a colaboração da população é da maior importância”, destaca.

O treinamento da equipe de pesquisadores foi ministrado pela coordenadora das pesquisas de campo do PLAMUS, Vânia Bícego, e incluiu lições sobre o uso do equipamento e seus respectivos aplicativos, além da abordagem ao morador. “As perguntas são simples e de rápida aplicação, e envolvem apenas informações sobre transportes e mobilidade. Saber como foi o dia anterior de cada membro da família, de que modo se deslocaram entre um trecho e outro e o custo destes trajetos estão entre as perguntas aplicadas nas pesquisas domiciliares”, diz Vânia. Os pesquisadores seguirão colhendo informações até a primeira quinzena de junho.


Pesquisas de tráfego e de transporte coletivo

Além das pesquisas domiciliares, foram retomadas também no último dia 9 de abril as pesquisas de tráfego e transporte coletivo. A primeira fase dessas pesquisas ocorreu entre janeiro e março deste ano, consistindo na coleta de dados sobre transportes nas principais praias da região metropolitana em período de veraneio. Tais pesquisas agora são aprofundadas para o período fora de férias, com contagens de fluxos de veículos, verificação de frequência e ocupação nas linhas do transporte coletivo.


Canais de participação

Estão disponíveis na Internet alguns canais de participação e interatividade. Além das oficinas de participação social, das Redes Sociais e do canal 0800, o PLAMUS também irá inaugurar nos próximos dias outros canais como a seção PARTICIPE, disponível no site do projeto. Nela, os moradores da Grande Florianópolis poderão participar das pesquisas de campo e assim colaborar com o planejamento urbano da região, apontando os principais problemas de mobilidade em seu município e sugerindo suas soluções.

FOTO: Pesquisadores credenciados e uniformizados, visitarão moradores da Grande Florianópolis para conhecer suas necessidades em termos de transporte e mobilidade. [Caio Barcellos]

COMPARTILHE

Consórcio

Comunicação e Participação Social

Pesquisas

Cooperação Técnica

Estudo de Mercado

Transporte não-motorizado

© PLAMUS 2013 - Comtacti